sábado, 18 de abril de 2009

Essa tal "sinceridade"

Você com certeza já deve ter muito ouvido falar:"eu sou sincero daqui,eu sou sincera acolá".Será que há um teste para saber se alguém de fato é sincero ou não?
Acredito que ainda não exista e enquanto isso não se torna real,alimentamos essa realidade com frases e sentimentos que dizem mais que qualquer teste.
Admiro muito a sinceridade,mas muitos ainda a confundem.Sinceridade há liberdade,mas também há limite.
Há quem considere que ser sincero é dizer tudo a todo tempo,o que ao meu ver está errado.Ao lidarmos com a nossa verdade e principalmente com a "verdade" dos outros,devemos ter a consciência que não devemos ser "escravos dessa tal sinceridade" e sim,colocá-la a nosso favor,até porque como sempre digo:"A sinceridade que te salva é a mesma que te mata".
Sejamos prudentes e respeitemos esse espaço entre a sinceridade declarada e a sinceridade "vomitada".Dependendo de suas palavras,você pode se tornar inimigo de si mesmo.

Felipe Lucchesi

17 comentários:

Felipe disse...

Bati palmas pra esse post xará!

douglasfert disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
douglasfert disse...

Eu aprendi a não confiar muito em pessoas sinceras.
Não são raras aquelas que dizem o que pensam, chegando muitas vezes a falar de mais, assim ganhando a imagem de 'Super Sinceras".
O problema é que uma vez com este rótulo, a mentira, a dissimulação e a traição podem vir juntas de uma forma velada e, quase, imperceptível.

Cuidado com os ditos SINCEROS, eles podem estar apenas jogando.

http://pridebrazil.blogspot.com/

Dica disse...

Concordo plenamente..Sem falar que a "verdade" afasta tantas outras pessoas da nossa/sua convivência.
Tonamo-nos antipáticos.


Gostei daqui. ;*

darsh. disse...

texto inteligente!
concordo.
tem pessoas que acham que ser sinceras é poder dizer tudo o que vem na cabeça. nada a ver!

Raphael Perov disse...

Achei bacaníssimo!
Sinceridade inteligente é o que há.

Abraço Felipe!

Charlie Dalton disse...

Ser sincero não lhe dá o direito de ferir os outros com sua opinião. Se a pessoa vir lhe perguntar, vc educadamente responde. Caso contrário, fique na sua e deixe o outro ser feliz.

Bruna disse...

como dizem os indianos ''as palavras são levadas pelo vento e vão parar nos ouvidos das pessoas''
ser sincero está numa linha muito fina entre dizer a verdade e magoar alguem =)

Ahh aquele texto foi sobre uma pessoa que eu sou muito fã hauahsuhaudhauhdshs

beejo.

RodrigO [PortugA] disse...

Sinceridade tá longe de ser o que as pessoas acham!
Na minha terra quem fala tudo o que vem na cabeça sem pensar tem outro nome!
AbraçO

a Juh! disse...

Eu acho que tudo na vida tem um limite né, inclusive a sinceridade!
Eu costumo falar o que eur ealmente penso quando tenho intimidade com a pessoa para falar, do contrario, nao falo nada!

Leco Vilela disse...

És a diferença entre sabedoria e a ignorância!

Lari. disse...

A sinceridade é uma virtude poderosa. E como bem disse o tio Ben, grandes poderes trazem grades responsabilidades.
Ser sincero é muito legal. Mas como tudo o que se faz na vida, sinceridade não é só uma questão de inteligência, envolve sabedoria. Não que seja certo mentir, mas é preciso ter sabedoria para escolher quando é propício ser sincero. Há verdades que devem ser guardas e reveladas somente quando nos causam danos. Saber ser sincero está englobado no ser sábio e não apenas inteligente. Por tanto, é parte dessa sabedoria lembrar que é importante valorizar o relacionamento cotidiano (ou não) que temos com outras pessoas. Ou seja, sinceridade use, mas não abuse!

Danilo Moreira disse...

"A sinceridade que te salva é a mesma que te mata"

Vou colocar essa frase no meu profile no orkut...posso?? citarei seu nome, pode ficar tranquilo...rs

Uma pessoa sincera geralmente é a primeira a detestar a sinceridade dos outros, principalmente se as palavras ditas são sobre os seus defeitos. É isso que eu mais detesto em pessoas que se vangloriam se dizendo as "sinceras".

Sincero mesmo sabe o que diz, diz a coisa certa na hora certa, e acima de tudo, sabe escutar e ser humilde o suficiente para ententer que ainda tem muito o que aprender.

Desculpe se escrevi num tom meio inflamado, é pq estava pensando em uma certa pessoa do trabalho que me irritou mto nesses tempos por nao saber medir as palavras, e mais ainda, por não gostar de ouvir o que eu tinha pra dizer.

Obrigado pelo comentário no meu blog.

Abçs!!!!

http://blogpontotres.blogspot.com/

Bella disse...

Ninguém é tão sincero assim. E ninguém melhor pra julgar nossa sinceridade que nossa própria consciência.
Quantas vezes usamos a expressão 'sinceridade' para justificar palavras que, no fundo, saem de nós apenas para machucar?
Sejamos sinceros...ou não...sempre saberemos e alguns sentirão.

Ótimo texto.

Igo Araujo disse...

uma pessoas sincera é aquela q diz a verdade sem medo. e é assim q deve ser. verdades nao podem ser escondidas ou deturpadas. os unicos que nao aguentam sinceridade sao aqueles q temem a verdade

Josiléa Pinheiro disse...

A linha que separa a sinceridade da crueldade é extremamente tênue. Por isso, sob o pretexto de ser "sincero", algumas vezes o ser humano acaba causando em seu próximo danos irreparáveis.Concordo plenamente quando vc afirma que"A sinceridade que te salva é a mesma que te mata".
Parabéns pela originalidade do blog!

Tomires lima disse...

Gostei muito desse texto Felipe,
as pessoas que dizem tudo que vem na cabeça se dizem ser muito sinceras e sinceridade nao é isso é algo muito maior.

Tomires lima