quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Planeta Pipoca

Sou um grande admirador e consumidor de pipoca(principalmente de microondas) admito!São muitos os sabores que os fabricantes dessa maravilha nos proporcionam,mas prefiro a pipoca tradicional,natural mesmo.Curioso em saber se eu era o único que tinha esse fascínio por esse "petisco para ver filmes" e também para ver tv,ouvir música,enfim,cada um a come na hora que acha melhor,resolvi procurar alguma pesquisa e fonte que pudesse me ajudar a tirar essa dúvida.Achei o site "Guia dos Curiosos " e para a minha surpresa,olhem logo abaixo a popularidade dessa minha amiga pipoca.
Pipoca em números:
Nos Estados Unidos, são vendidos 19 milhões de metros cúbicos de pipoca por ano.Atualmente, a razão volumétrica do milho para a pipoca estourada é de 55 para 1.O valor intrínseco dos grãos em uma quantidade de pipoca equivalente a 1 dólar é de 1 centavo. Isso daria um lucro de 75%, se somados os gastos com pipoqueira, sal, manteiga, embalagem, aluguel e intermediário.As três principais cadeias de cinema da Grã-Bretanha vendem, só no país, 16 milhões de baldes de pipoca. Ao preço de 10 reais a porção, o ingleses obtêm mais de 170 milhões de reais líquidos com a venda.O Brasil tem o segundo mercado de pipocas de microondas do mundo, com um consumo de 70 mil toneladas anuais. Perde apenas para os Estados Unidos, onde são consumidas 400 mil toneladas no período.(Fonte:Guia dos Curiosos)
Por mais que eu goste de pipoca,o número de cosumo pelo mundo inteiro é assustador.Num futuro próximo,acredito que estejamos correndo o risco,de a pipoca ultrapassar o limite do microondas e tomar conta das mesas durante o almoço e jantar desse mundo,que consome mais milho que qualquer galo ou galinha.

Felipe Lucchesi

Um comentário:

Marco disse...

E exist aquela máxima de que somos o que comemos né?